Wifi na linha de comando, sem medo

Dúvida frequente de novatos é como configurar o wifi no linux via linha de comando. Não vou explicar instalar os drivers , as minhas experiências já foram relatadas nesse blog. O objetivo é como escanear, se conectar em um rede sem fio:

  • iwlist scan : Esse comando retorna todas as redes visiveis ao alcance do seu computador
  • iwconfig DEVICE essid REDE : Device é o nome da sua placa de rede pro sistema, pode ser wlan0, ath0 o uaté mesmo eth0 dependendo do driver da sua placa. REDE é o nome da rede que você vai se conectar, por exemplo Sala2 / linksys etc…
  • iwconfig DEVICE key senhadowifi : Caso a rede seja protegida por senha passe a senha por esse comando, mas só após escolher a senha com o comando anterior.
  • dhclient DEVICE : Após escolher a rede você deve atribuir um IP a sua máquina, esse comando pega o IP automáticamente.
  • ifconfig DEVICE xxx.xxx.xxx.xxx : Caso o seu roteador wifi não esteja configurado , talvez você tenha que configurar seu ip manualmente, pergunte ao administrador do router para saber qual faixa de ip você terá que usar

Esses comandinhos são os mais básicos, o suficiente pra estabelecer uma conexão. Caso o comando iwconfig não retorne nada ou retorne “No wireless interfaces found” existe uma chance boa da sua placa não estar devidamente configurada.

Configurando wireless Broadcom no Fedora 8

Fedora é um amor de distribuição, não sei explicar… é tudo tão redondo ! Hoje vou falar de como configurar uma placa wireless bcm4319 que veio no Notebook Compaq C710br do Thiago.

Essa placa até funciona com o linux, mas a firmware só é disponibilizada nos drivers do windows , então devemos extrair a firmware e só então usar o driver. A ferramenta que usamos é a b43-fwcutter
mas esqueça b43-fwcutter que vem no fedora 8, ela é muito velhinha, pode remover com o yum se quiser. Para instalar a versão 011 faça :


wget http://bu3sch.de/b43/fwcutter/b43-fwcutter-011.tar.bz2
tar -xjvf b43-fwcutter-011.tar.bz2
cd b43-fwcutter-011
make

Agora vamos extrair o firmware :


cd
wget http://downloads.openwrt.org/sources/broadcom-wl-4.80.53.0.tar.bz2
tar -xjvf broadcom-wl-4.80.53.0.tar.bz2
cd broadcom-wl-4.80.53.0/kmod
../../b43-fwcutter-011/b43-fwcutter -w "/lib/firmware" wl_apsta.o

Com isso a firmware vai para o diretório /lib/firmware/43 e finalmente sua placa wireless vai funcionar, não é legal ?

Compartilhando wifi com Leopard

Ok, parece ridículo, mas levei 2 horas pra descobrir que compartilhar rede usando o Leopard é ridículamente simples, mais fácil que no Tiger. Então vamos lá :
System Prefs > Sharing > Internet Sharing, escolha o wifi como fonte de internet, e marque os dispositivos que serão beneficiados com a rede, ou seja, firewire, ethernet, bluetooh etc…
Apó essa configuração as máquinas clientes devem ser configuradas pegar o IP por DHCP.

Eu demorei tudo isso, simplesmente porque no linux além de usar os comandinhos básicos normalmente os ips do cliente são criados estaticamente, ou seja, eu estava configurando os clientes para uma rede que não existia…. Só depois vi que o Leopard cria automaticamente os aliases nos devices e de quebra levanda um mini-dhcp server para os clientes…

Ndiswrapper em placa LG LW2220P


Genjuro é o nome do meu servidor de rede, ele é um pIII 666Mhz com 128 Mb e um HD de 40Gb que era do meu playstation 2 🙂
É uma máquina comum rodando fedora 4 e conta com uma placa wireless LG modelo LW2220P, perfeitamente compatível com o linux via ndiswrapper. Porém seguindo as instru&ccedil&otildees do site, ao dar o comando:

ndiswrapper -i NETWPNDS.INF

O comando retorna “módulo inválido” ! Então olhando com aten&ccedilão a caixa do meu dispositivo vi que o chipset da placa é um tal de WP1200, busquei no google e descobri que é um chipset de uma empresa chamada waveplus que não disponibiliza o driver para download nem pra windows hehehh. Cavei, cavei e achei esse driver que parece ser o correto para essa placa da LG.