Vícios de usabilidade no Software Livre

Quem me conhece sabe que sou um defensor do software livre, mas não deixo meu Mac OSX de lado. Como assim Bial ? Eu gosto do Gnome , KDE mas eles tem sérios problemas de usabilidade que me irritam profundamente, principalmente o GNOME. Mas como disse o problema é das aplicações livres em geral e não apenas do GNOME ou outro software específico.3880505875_c06f99cec5

Um exemplo, no OSX TODAS as aplicações tem os mesmos atalhos de teclado para operações com a janela, gerenciamento de arquivos, preferências etc… Esses atalhos são definidos pelas bibliotecas COCOA, e centraliazados  e configuraveis globalmente. No caso do GNOME que é um desktop focado em usabilidade, e que opta abertamente em sacrificar funcionalidades para ser simples e funcional, os atalhos são confusos e não intuitivos.

Para fechar janelas, basta um intuitivo Alt + F4  , para obter ajuda F1 ! Você sabe o que o F5 faz ? Como não ? É intuitivo, faz refresh ! Manja o F10 ? Não ? Ele coloca o foco no menu ! Mas não funciona para todas aplicações do GNOME, e não da pra saber em quais funcionam de cara, só testando pra ver. Não sei no seu teclado , mas no meu as teclas F não tem nenhuma descrição, são ergnômicamente ruins de alcançar principalmente quando acionadas junto com control ou alt.

Não seria mais inteligente adotar de vez o uso da tecla Windows, presente em 100% dos teclados atuais, e  simplificar os atalhos ? Tipo Win+C pra fechar janelas, Win+S para preferências , Win + R para dar refresh em browsers ? Eu sei que isso é meio MAC demais , mas é ruim ? Atalhos que podem ser acionados com apenas uma mão e ainda por cima minemônicos não seriam um avanço em usabilidade ?

No gnome praticamente todas as aplicações tem paineis de preferência, sabe o atalho ? Na maioria dos casos é o banal Shift + Ctrl + S , mas em alguns apps isso não funciona , então o jeito é apelar para Alt+E seguido de  N , super minemônico e fácil de lembrar. Só que no terminal não rola … Tem que usar o mouse mesmo, alias praticamente nenhum atalho de teclado funciona no gnome terminal, irônico ?

Mas o pior mesmo é o artigo que motivou esse post, onde o autor aponta um vício pior, herdado do windows 95, vício do menu “Arquivo”, ou file , nele o autor faz um passeio pelos aplicativos gnome e mostra os abusos em cima do menu “file”. No gnome terminal, aplicação sem nenhuma operação de leitura e gravação de arquivos ele está lá , presente apenas para fechar o terminal, criar abas e janelas, intuitivo né ?

Nesse ponto aplicativos KDE são um pouco melhores, mas escorregam bastantes nos vícios de usabilidade do windows, mas é assunto pra outro post.

4 thoughts on “Vícios de usabilidade no Software Livre

  1. wille

    no KDE, eu redefini alguns atalhos globais utilizando a tecla WIN pra poder usar apenas uma mão. Gosto muito dos atalhos globais do amarok para controle de volume, play, pause, etc.

  2. Sérgio Luiz Araújo Silva

    Ficaria muito feliz se um desenvolvedor brasileiro ligado ao gnome lesse este artigo, assim a probabilidade de se ter a solução aumentaria significativamente. Não basta nos indignar-mos com o que está por consertar não é mesmo?

  3. Lex Aleksandre

    Depois de um tempo usando, você até habitua-se aos atalhos.
    Na época em que usava o KDE também gostava de combinar a tecla Super com outra qualquer nas aplicações.
    No Gnome, entretanto, não consigo nada com essa combinação.
    Parabéns pelo post!

    Lex Aleksandre
    Google profile
    Facebook
    Twitter @aleksandre

  4. liquuid Post author

    Então Sérgio, esses problemas de usabilidade são complicados de resolver, pois fazem parte da cultura de desenvolvimento da galera. Como o Lex disse, com o tempo você acostuma , mas acostuma errado 😛 Eles se acostumaram errado .

    Estou instalando aquia versão de desenvolvimento do Gnome, vou ver se consigo resolver nem que seja o menu file do gnome-terminal … que pra mim é ridículo.

Comments are closed.