Macports Mini-Howto

MacOs X não é livre , mas sua base é, incluindo os compiladores e ferramentas de sistema em geral, a própria libc do sistema é aberta, assim como o kernel. Isso faz dele um sistema meio-livre e compativel com a maioria dos programas livres  que existem na sua distribuição linux favorita, dentre eles o KDE e suas ferramentas o  <a href="http://developer.apple.com/opensource/tools/X11.html">XFree86/Xorg</a> e até  mesmo o <href="http://mplayerosx.sourceforge.net/">mplayer</a>... Na verdade essa lista não termina, sério, tudo que é compativel com o linux roda em mac, até mesmo os drivers de hardware são compartilhados entre os sistemas.

Uma lista bem completa, e indispensável, de softwares de código aberto para o Mac pode ser vista em : http://www.opensourcemac.org/

Como eu falei, programas unix em geral são compatíveis com o Mac, na real o sistema Leopard recebeu uma certificação Unix legítima…. O linux não tem um certificado desses, além de : Unix -> Caldera -> SCO 🙂 Em todo caso, o MacOs X segue os padrões Unix a risca, e isso garante que você vai rodar um apache, mysql, vim entre outros softwares projetados para sistemas Unix.

Em um mac você pode sem problema algum usar a trinca ./configure, make, make install para instalar seus programas favoritos…. Mas isso é chato e nada prático, os linux tem os pacotes RPM, DEB e TGZ, no mac tem os DEB mas o foco desse post é o Macports, antes conhecido como Darwinports.

O macports é derivado do sistema ports do freebsd, e funciona de forma parecida, ele puxa os fontes , aplica os patchs compila e instala tudo pra você.

Instalar é boiada, primeiro vc tem que pegar a versão mais recente do Xcode, ele

está no CD de instalação do MacOsX ou no site da apple.

Como o meu sistema é o Leopard, estou usando o XCode 3.0, e meu macports é versão 1.5.0.

http://svn.macosforge.org/repository/macports/downloads/MacPorts-1.5.0/MacPorts-1.5.0-10.5.dmg

No Então é só clicar duas vezes e seguir o wizard (next > next > finish)

É recomendavel instalar o X11 também, procure por ele no cd de instalação do mac.

Após instalar o macports, abra um terminal e crie o arquivo ~/.profile com o comando :



sudo nano ~/.profile

Com o conteúdo :

export PATH=/opt/local/bin:/opt/local/sbin:$PATH

export DISPLAY=:0.0

Feito isso feche o terminal (Command + Q) e abra de novo.

O primeiro comando que você vai usar sempre que for instalar algo novo será :


sudo port -v selfupdate

O argumento “-v” liga o modo verbose do comando, e o selfupdate busca no site oficial por atualização dos pacotes, uma espécia de yum updade uo apt-get update.

Você pode buscar por um pacote no banco de dados de duas formas, manualmente , no diretório :

/opt/local/var/macports/sources/rsync.macports.org/release/ports/audio/

Ou usando o comando ports :



greyfoxII:~ root# port search gimp

gimp-app aqua/gimp-app 2.4.0 Gimp.app application bundle

macclipboard-gimp aqua/macclipboard-gimp 0.7 Gimp <-> Mac clipboard

macfile-gimp aqua/macfile-gimp 0.1 "Show in Finder" Gimp plugin

gimp graphics/gimp 2.4 The Gimp - Batteries Included

gimp-gap graphics/gimp-gap 2.2.2 The Gimp Animation Package.

gimp-jp2 graphics/gimp-jp2 0.1 Gimp JPEG 2000 plug-in.

gimp-lqr-plugin graphics/gimp-lqr-plugin 0.3.0-6 Liquid Rescale Gimp plug-in.

gimp-user-manual graphics/gimp-user-manual 0.13 A multilingual user manual for the Gimp (broken).

gimp2 graphics/gimp2 2.4.2 The GNU Image Manipulation Program

icns-gimp graphics/icns-gimp 0.1 Gimp file format plug-in for Macintosh icon files (.icns)

p5-gimp perl/p5-gimp 2.0 Gimp Extensions/Plug-ins/Load and Save-Handlers in perl

gimp-print print/gimp-print 4.2.7 Print Plugin & Ghostscript (and CUPS) Driver

Agora vamos instalar um pacote. Assim como o ports original e o emerge do gentoo, você pode customizar o processo de compilação incluindo ou desativando recursos, para verificar os recursos extras disponíveis para o pacote

Por exemplo para o PHP5 o comando seria :



greyfoxII:~ root# port -v variants php5

php5 has the variants:

universal

darwin_6

darwin_7

darwin_8

macosx

apache

apache2

fastcgi

imap

tidy

mssql

snmp

macports_snmp

mysql3

mysql4

mysql5

postgresql

sqlite

ipc

pcntl

pear

sockets: Add socket communication functions

Para instalar o nosso pacote com os recursos que queremos mostrando na tela os progressos durante a contrução dos binários , use o comando :



sudo port -v install php5 +apache2 +postgresql +sqlite

Para listar os programas instalos pelo ports :



port installed

Para atualizar basta usar os comandos :



port selfupdate

Veja os pacotes obsoletos com :

port outdated

Para atualizar um pacote :



port upgrade pacote

Para atualizar tudo :



port upgrade outdated

É isso, simples, estável e funciona, viva o macports.

PS: MACOSX é um sistema operacional fechado, que atenta a sua privacidade e sua liberdade. Use linux e seja livre 😉