Problemas com o superblock do ext2


logo após mandar o email sobre como des-deletar arquivos, uma amigo chegou com um caso intrigante de uma partição ext3
de 300Gb que não montava… sintomas :

Ao tentar montar o erro:


The superblock could not be read or does not describe a correct ext2
filesystem. If the device is valid and it really contains an ext2
filesystem (and not swap or ufs or something else), then the superblock
is corrupt, and you might try running e2fsck with an alternate superblock:
e2fsck -b 8193

E no dmesg a desanimadora mensagem :

EXT3-fs: unsupported inode size: 0

Ao tentar passar o fsck.ext3 manualmente mais um balde de água fria
:

Floating point exception

Esses problemas podem ser um clássico problema de superbloco corrompido… O superbloco pode
ser visto à groço modo como um mapa do sistema, mas felizmente tá vários backups dele pelo sistema,
e é essa estratégia pra recuperar a partição 🙂

O comando é :


fsck.ext3 -C -y -b /dev/


O “-C” é para aparecer a barrinha enchendo, o y é para responder Sim para todas as perguntas, o “-b ” é para passar o endereço do superbloco alternativo, que muda dependendo do tamanho da partição, olha ai os endereços:

Bloco-mínimo da partição endereço

1k 8193
2k 16384
4k 32768

É só substituir que funciona, no caso da partição de 300Gb o comando foi :


fsck.ext3 -C -y -b 32768 /dev/